Espiritualidade

Como acender a fagulha do seu Despertar Espiritual

O despertar espiritual é nada menos do que alcançar maior consciência sobre a vida e a sua própria existência.

O despertar espiritual é nada menos do que alcançar maior consciência sobre a vida e a sua própria existência.

Você desenvolve maior sabedoria quando desperta, o que te poupará de desilusões e conscientização de processos interiores que lhe causam sofrimento. Veja as dicas deste artigo sobre como acender a fagulha do seu Despertar Espiritual e iniciar um novo ciclo de abundância, plenitude e felicidade.

A dois anos atrás a espiritualidade para mim era apenas religião, até a minha sensibilidade com a natureza e a vida ter expandido a minha consciência amorosa. A Biologia foi o início dessa minha paixão pela vida e pude compreender o olhar da ciência e das religiões sobre a vida, desenvolvendo uma compreensão mais integrada.

Desde o iluminismo muitos paradigmas da igreja que tinha o total domínio na Europa da época foram quebrados, além disso surgiram os primeiros modelos econômicos que conhecemos hoje. Iniciou-se uma revolução de entendimento da vida pelo saber. No final do século XIX surge a corrente positivista com o desenvolvimento da física e lei da evolução com os estudos de Charles Darwin.

Saímos do fanatismo religioso da idade média para cair no materialismo do iluminismo. Desde então, algumas correntes religiosas e científicas brigam para te dominar. A intolerância, o preconceito, as guerras e o consumismo são consequências dos péssimos hábitos das pessoas que se permitam ser escravizadas pelos sistemas religioso ou científico.

As leis cósmicas são independentes de crenças, culturas e paradigmas criados pelo homem. Elas são simplesmente o que são, a referência do equilíbrio da vida em todo o universo e em qualquer dimensão. Despertar a sua espiritualidade é ter ciência das leis que regem não só a vida no plano físico, como também nas outras dimensões.

Neste artigo vamos nos restringir apenas 2 dimensões: dentro e fora. A religião assim como qualquer ferramenta de autoconhecimento tem um papel preponderante no desenvolvimento da intuição e sentimento. A ciência por sua vez tem o seu papel de compreender os fenômenos que acontecem do lado de fora, no desenvolvimento do intelecto e da racionalidade. Juntas são as asas da liberdade, sem uma querer dominar a outra.

A minha prática acadêmica em observar os fenômenos da natureza me ajudou muito em ascender a minha fagulha espiritual ao adotar a mesma prática, mas desta vez observando os fenômenos que acontecem dentro de mim.

Para acender a fagulha do seu despertar espiritual, o chamado deve vir do seu coração, se desapegando de paradigmas e confiando nas suas ações.

E quando eu vou saber se é o meu coração mesmo que está falando?

Observando-se diariamente para desenvolver cada virtude necessária ao crescimento do seu amor, desejando o bem sincero para si e para todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s